Sua Emprese Conhece Seu Público-Alvo?

SUA EMPRESA CONHECE SEU PÚBLICO-ALVO?

Você sabia que grandes empresas também passam por crises de vendas? E que antes delas se consolidarem no mercado, também havia dúvidas de qual caminho seguir? Saiba que para ambas as situações existe uma solução em comum: a pesquisa de mercado.

 

Sucesso ou Fracasso?

No mercado atual, certas escolhas podem ser decisivas para o sucesso ou fracasso de uma empresa. Uma pesquisa mercadológica, que também pode ser chamada de inteligência de marketing, pode ser feita para obter uma orientação de qual caminho seguir, facilitando a tomada de decisões nesse mercado de altos e baixos.

 

Faça Perguntas Estratégicas

No intuito de mostrar quais as possíveis trajetórias a serem seguidas, deve ser elaborado um questionário com perguntas estratégicas, a fim de coletar dados da população para definir o público e a localidade alvo da empresa. Com a coleta de hábitos, necessidades, poder aquisitivo, entre outras peculiaridades, é possível chegar a um perfil padrão, do qual é possível extrair a preferência da população.​

O serviço permite identificar possíveis áreas mais lucrativas, detectar novas tendências, evidenciar o poder de absorção do mercado em relação ao serviço oferecido e até estimar os preços que podem ser cobrados.

 

Avalie Suas Necessidades

Os objetivos da pesquisa podem variar de acordo com a vontade do contratante, de forma que os resultados possibilitem a escolha de um caminho que otimize o desenvolvimento da empresa.​

Pense bem antes de tomar decisões estratégicas relacionadas a seu produto e avalie a necessidade de realizar uma pesquisa de mercado. Ela poderá descrever o roteiro para o sucesso da sua empresa, identificando adversidades e oportunidades que não eram notadas anteriormente.

 

RELACIONADOS:

A água que você bebe é realmente limpa?

A ÁGUA QUE VOCÊ BEBE É REALMENTE LIMPA?

Todos sabemos que a água é indispensável para a vida na terra, uma vez que, praticamente, todos os processos biológicos são baseados em sua molécula. Mas já imaginou os impactos de uma possível contaminação da água que você bebe? Podem ser enormes, acarretando diversos problemas à sua saúde e à de outros. 

Nossa água é composta apenas por 2 hidrogênios e 1 oxigênio?

O conceito de água é muito amplo. Primeiramente, pense na diferença da água que você bebe para a água que você usa para lavar seu carro. Por outro lado, pense na água usada para resfriar seus equipamentos em uma indústria. Será que são compostas somente por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio?

Na verdade, a água que bebemos e usamos diariamente tem uma série de outras substâncias, e saber quais são é de suma importância.

Dessa forma, para identificá-las e determinar a qualidade da água é necessário que seja feito um serviço de análise química. Este deve ser feito levando em conta todas as precauções e técnicas necessárias, desde a etapa da coleta até a elaboração do relatório, para que o resultado final não seja comprometido.

Quais substância também estão presentes na água que você bebe?

A portaria 2.914 determina o controle e a vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Esta analisa diversos fatores que podem ser prejudiciais à saúde humana, tanto em aspectos biológicos, quanto químicos. Sendo assim, observe abaixo uma tabela que demonstra as quantidades permitidas pela portaria, de alguns compostos encontrados na água:

imagem_2021-06-15_132918
Valores Máximos Permitidos para os Íons Analisados em Laboratório, segundo a portaria 2914 do Ministério da Saúde.

Após coletada, uma amostra de água deve ser levada ao laboratório em menos de 20 horas e analisada segundo os seguintes parâmetros: pH, cor, concentração de minerais, turbidez, presença de micro-organismos, concentração de coliformes fecais e totais. Por fim, a partir desse procedimento, é possível determinar se a água analisada encontra-se nos parâmetros definidos pelo Anexo XX da PRC n°5, de 28 de setembro de 2017 do Ministério da Saúde, dependendo da utilidade à qual ela será destinada.

Faça análises periódicas na sua água

Por último, vale ressaltar que a análise de um mesmo reservatório deve ser feita periodicamente para se ter um bom controle de qualidade, uma vez que as características da água podem variar de acordo com o tempo, o recomendado é que a análise seja realizada de 6 em 6 meses. Por exemplo, em estabelecimentos que utilizam água durante seus processos de produção, esta análise é imprescindível, uma vez que, interfere diretamente na qualidade do produto, e/ou na saúde do consumidor.

 

Esteja sempre ligado na qualidade da água que você consome. Este é um elemento crucial para a sua vida!

RELACIONADOS:

Alimentos

Alimente Sua Produção

ALIMENTE SUA PRODUÇÃO Já parou para pensar em como o alimento é essencial para a sustentação da vida? Por isso é importante que este não ofereça riscos à

LER MAIS »
Mandar no WhatsApp
Dúvidas? Entre em contato conosco!